quinta-feira, 28 de maio de 2009

Micro-conto

Certo dia, um pé-descalço resolve assaltar uma sapataria. O plano fora feito em cima dos joanetes e por isso corre mal. Dá-se a fuga. Por não ter pé de atleta, é imediatamente apanhado, ao pé de uma piscina. Na zaragata acaba por cair.
E não é que bateu as botas? É o que dá não ter pé...

6 comentários:

sofia disse...

no brasil é pé rapado. podias ter inventado um assalto a uma barbearia
ahah

muito bom o teu conto

nuno brolock disse...

:)

O melhor disto tudo é ter sido feito do pé para a mão!

Cláudia L. disse...

:) Muito bom.

Dinis Lapa disse...

Pá, brutal. Ao estilo do Zink, com toque mágico de Brolock. Jogos de palavras e palavras de jogos. Adorei.

nuno brolock disse...

E logo o Zink, que é um estiloso!

:)

Cátia disse...

Coitado do pé... chato pra ele ter batido as botas!
Gosto quando te inspiras assim ;)