domingo, 10 de maio de 2009

GUTA NAKI



Ontem foi dia de mais um concerto de uma banda que me diz muito, os Guta Naki. Casa cheia - a rebentar pelos alicerces - e a plateia composta por algumas caras conhecidas da sociedade portuguesa e não só. Eis o que alguns deles disseram:

Do melhor que já se fez e que alguma vez será feito.
- Maya, cartomante, apresentadora e capa de revista.

Il trio speciale.
- José Mourinho, treinador de futebol, fanfarrão e conselheiro de Buda.

Porreiro, pá!
- José Sócrates, 1º Ministro, praticamente engenheiro e aldrabão.

Por favor, no se callan!
- Hugo Chávez, ditador e dono de um computador Magalhães.

Estes tipos abusam!
- Bibi, ex-funcionário da Casa Pia e mete-nojo.

Bamos lá cambada! Ao Coliseu, carago!
- José Estebes, o único adepto/comentador do fê cê pê que sabe o que diz.

Está aqui um caso sério de talento.
- A minha vizinha do 4ºC, vizinha, condómina e filosófica.

Estes tipos são valiosos. O lugar deles é numa offshore que eu conheço.
- Gestor do BPP.

Adoreeeeeeeei. São umas autênticas bichonas em palco; umas queriiidas. Ai o que eu fazia com o arco do violino que o guitarrista usou...! Ai!
- José Castelo Branco, socialite, kryptonite e sei lá mais o quê.

VÃO MAS É TRABALHAR (apesar de terem talento)!
- O chato.

Yes, they can (except Dinis, but he's cool).
- Barak Obama.

Uma verdadeira Aparição na cena musical portuguesa.
- Os 3 pastorinhos e Virgílio Ferreira.

Não fosse a igreja contra o uso do preservativo e quiçá não teríamos artistas deste gabarito.
- Papa Bento XVI e duplo do Imperador da Guerra das Estrelas.

Gostei muito. Especialmente do gordito do baixo. Faz-me lembrar o José Diogo Quintela.
- Ricardo Araújo Pereira, comediante, adepto do SLB e futuro Presidente da República.

Impressivo. 18,9 valores! Apenas não atribuo mais porque o 19 não está ao alcance de todos.
- Rui Zink, escritor, professor universitário e autor de uma private joke.

Excelente. Estendo-lhes uma passadeira vermelha. Aliás, vou é mandar fazer mais uma autoestrada.
- Mário Lino, Ministro das Obras Públicas e um conesseur.

O momento da noite: Dinis a tocar melódica.
- Rao Kiau.

Do melhor que já se produziu no Continente. Já reservei 2 semanas no Hotel Pestana para poder assistir ao próximo concerto.
- Alberto João Jardim, político e folião.

Grait voice. Can I pute crime?
- Zeze Camarinha, macho latino e poliglota.

Guta Naki? O que é isso? Olha que eu não gosto de sushi!
- Bruno Aleixo, ewoke muitas vezes confundido com um urso ou um cão.

O que eu gostava de me poder regar com gasolina e roçar a minha lingerie preta nos teclados! Estou todo arrepiado.
- Jorge Pimba Marreta, músico, defensor do 'zero conceptual' e autor de variedades.

14 comentários:

Cláudia L. disse...

Muito bom. Tenho pena de não os ter visto. Foi bom, garantidamente!

Esta tua posta revela bem o quanto tu gostas desta banda... isso é que foi puxar pela tola!

Dinis Lapa disse...

Foi um concerto entre amigos que me deu enorme prazer, especialmente na after-party, onde se beberam minis, shots de vodka-groselha e se confraternizou. Este texto é dos melhores que tenho lido, mas peca por incompleto:

"Fiquei todo arrepiado quando o Dinis foi para a melódica. O que ele fez ao instrumento é o que lhe quero fazer...". Nuno Brolock, professor, cómico e artista de variedades, como o Jorge Pimba Marreta.

"O cu do baixista está firme". Nuno Brolock, gay assumido.

"Esta banda vai longe, espero eu, que não ir eu longe para os ver". Nuno Brolock, Cátia Brolock e Professor Astromar.


Dinis, Guta Naki

nuno brolock disse...

Não era suposto teres ouvido esses comentários! :)

ps- No before-party também se beberam minis, shots de vodka-groselha e se confraternizou!

Dinis Lapa disse...

"Esta banda vai longe, espero eu, para não ir eu longe para os ver". Nuno Brolock, Cátia Brolock e Professor Astromar.

Não queria escrever after-party mas after-lunch :P

Astromar disse...

"Bom prato, delicado, profundo e com bom equilibrio entre o doce e o salgado. Bela receita!"

Professor "Chef" Astromar;
Artista de Cozinha

Guta disse...

Está lindo! Muito bom! Não há palavras, só as tuas!
Ontem tivemos a ver as filmagens que vão para além do concerto, deu para perceber que o palco te chama, por acaso estamos a precisar de um baixista mais pró magro e que diga piadas no meio das músicas. Como pagamento podemos oferecer-te uma hora de Xpert Eleven ao vivo e completamente gratuita, enquanto tocas podes gerir a tua conta e assistires aos jogos da tua equipa!
Pensa nisto.
C.

nuno brolock disse...

É pá, baixo não toco, mas quando houver um vaga para o coro, aceito!
E sim, estãoa precisar de um gajo com piada na banda... :)

Dinis Lapa disse...

Incrível como alguém que não toca nenhum instrumento possa pensar que é possível tocar baixo e gerir uma equipa ao mesmo tempo. É preciso ser-se um pouco energúmeno.

Guta disse...

Não é preciso tocar um instrumento para perceber que não se fazem as duas coisas ao mesmo tempo, mas talvez seja preciso um bocadinho de humor para não levar tudo à letra!

e um pouco energúmeno és tu!

nuno brolock disse...

Eu tenho um amigo, o Zé, que era um pau para toda a obra. Geralmente canta e toca de mãos nos bolsos: canta o Zé e toca o bicho!

Dinis Lapa disse...

Calma Guta, também estava na brincadeira e aproveitei para usar a palavra «energúmeno» que aprecio bastante e raramente a posso usar.

Brolock, toca-me o bicho.

Guta disse...

Calma Lapa! Humor com humor se paga!

Dinis Lapa disse...

Brolock, o Nuno não comenta porque isto de escrever seja o que for não é para ele.

nuno brolock disse...

Os verdadeiros pilares da banda já comentaram. Ao Nuno ainda lhe falta um bocado de ar. Neste momento ele é apenas uma pila.